O Grupo de Prevenção Aparados da Serra é um GVBS, Grupo Voluntário de Busca e Salvamento, uma entidade sem fins lucrativos.

Os GVBS são grupos de pessoas comprometidas com a prática segura de atividades de aventura. São compostos por voluntários, com o objetivo de atuar na prevenção de acidentes, apoiar ações diversas relacionadas à segurança, conscientizar turistas e praticantes, e ajudar na busca e salvamento de pessoas envolvidas em acidentes. Eles irão agir em estreito alinhamento com as instituições responsáveis pela segurança pública e salvamentos, com voluntários treinados para ajudar a diminuir o tempo de resposta a eventuais acidentes.

A criação de GVBS é uma iniciativa do Ministério do Turismo, ligado ao Governo Federal, através do programa Aventura Segura.

O GRUPAS tem caráter voluntário, ou seja, é voltado àquelas pessoas que entendem poder fazer a diferença, que acreditam que por meio do trabalho em conjunto, podem dividir responsabilidades e somar esforços para fazer a diferença, sem esperar de forma muitas vezes paternalista que as coisas caiam do céu. A ação voluntária é também uma forma de retribuir aos espaços utilizados como produto do negócio turismo de aventura um pouco daquilo que é ganho com a condução de grupos, prática esportiva ou simples vivência recreativa ao ar livre. Um parque mesmo que público, precisa de pessoas, precisa da sociedade ao seu lado, contribuindo de forma cidadã, demonstrando que também o entende como seu, demonstrando pertencimento. Quando temos este tipo de consciência procuramos agir de forma mais responsável, zelamos e cuidamos porque, antes de ser de todos, é em grande parte de cada um que ali contribui de alguma maneira.

O GRUPAS tem como principal característica a prevenção. É sabido que incidentes e acidentes acontecem todos os dias e em todos os lugares. Isso pode ser evitado. Acidentes, de maior gravidade ou não, impactam negativamente a todos, não só aos diretamente envolvidos, mas aos praticantes esportivos, aos gestores públicos, aos empresários, aos condutores, aos proprietários de áreas particulares, em uma escala muitas vezes não imaginada. Prever este tipo de evento indesejado, tomando ações que evitem sua ocorrência, possuir pessoas competentes aptas a dar o primeiro suporte reduzindo as conseqüências de uma ocorrência, evitam que parques sejam fechados, proprietários particulares barrem o acesso, práticas esportivas ou comerciais passem de um dia para o outro a serem ilegais. É preciso abrir a mente e pensar de forma coletiva e além de onde os olhos alcançam. Se na região dos Aparados da Serra nada acontece, pode ter certeza que em todo o Brasil as ocorrências são registradas todos os dias e, um dia, pode ser breve ou não, o destino também precisará saber lidar com este tipo de situação.

O GRUPAS não é regulatório, seu caráter preventivo trará recomendações condensadas de como agir tanto para evitar, quanto para reagir às ocorrências. Será uma segurança a mais que o destino terá, com respaldo legal de uma associação com maior facilidade para captar recursos, fomentar parcerias, viabilizar qualificação, promover o intercâmbio entre ações similares, não só no Brasil como fora dele. O GRUPAS personifica o desejo e o interesse de muitos em ter um destino mais seguro e mais propício as práticas esportivas, recreacionais e comerciais associadas ao turismo de aventura.

Clique para ver a lista de membros

 

 

apoio: